Persona ★★★★★

There is no review for this diary entry. Add a review?

quando eu era pequeno, lembro de ter visto uma reportagem sobre uma escritora que me marcou profundamente. Esta, que já não lembro mais seu nome, cresceu sendo vigiada por sua mãe e assim passou a encontrar prazer em seu próprio silêncio. Essa existência me marcou de um modo tão íntimo, pois ali eu descobri que existia amor na própria companhia. E logo agora, anos depois, em meio a uma pós-experiência recente e intensa de isolamento social, estou redescobrindo o tom do silêncio.
Persona dá voz ao simbolismo da própria identidade, é lindo, é um jogo de confronte às personalidades. Fiquei sem fôlego!

EDIT: a tal escritora é a Angela Carter ;)