Favorite films

  • The Searchers
  • Black God, White Devil
  • Contempt
  • The Eyes, the Mouth

Recent activity

All
  • The Mountain Between Us

    ★★

  • The Last Man on Earth

    ★★★

  • The Ghost

    ★★★½

  • The Haunted Palace

    ★★★★

Recent reviews

More
  • Night of the Demon

    Night of the Demon

    ★★★★★

    Um detetive saído diretamente dos noir investigando em um filme de terror, sem que o primeiro gênero engula o segundo. Se o apocalipse em Kiss Me Deadly ocorre devido a era atômica, no de Tourneur a catástrofe é decorrente de cultos e seitas satânicas e aos segredos do sobrenatural, sem que se abandone o plano materialista. Filme singular na história do cinema.

  • Bedlam

    Bedlam

    ★★★½

    Corrupções e maldades num hospício tratado como um hotel para mentecaptos e teatro num ninho de loucos, funcionando quase como microcosmo de uma sociedade ou país. Formaria uma bela sessão dupla com Reign of Terror (de três anos depois), de Anthony Mann, sobre a loucura e o terror existente em todo século, no caso de ambos o século XVIII na chamada era da razão no Velho Mundo. O suposto racionalismo servindo muitas vezes como instrumento para jogos de manipulação e de poder e julgamento de uns sobre os outros. Digno de ser assinado por um mestre europeu de qualquer época.

Popular reviews

More
  • No Way, Spider

    No Way, Spider

    ★★★★★

    ALEX VIANY - Para seu terceiro filme, que está escrevendo agora, você foi buscar inspiração em Ulisses, de James Joyce?

    ROGÉRIO SGANZERLA - O Ulisses brasileiro, em meu roteiro, é um picareta, um aventureiro, um inescrupuloso que quer subir na vida de qualquer maneira. Farei o filme com som direto, utilizando os melhores atores que puder encontrar. Terá oito planos, de dez minutos cada um; estes planos, absolutamente independentes uns dos outros, levarâo às últimas consequências certas ideias, através da…

  • Bacurau

    Bacurau

    ★½

    Há uns sessenta anos um filme francês em língua portuguesa era premiado em Cannes (e depois no Oscar), o Orfeu Negro, realizado por diretor gringo para exportação, e explorando um forte exotismo e miséria brasileiras (mais as belas canções de Vinicius de Moraes e uma fotogenia em excesso do Rio de Janeiro como um cartão postal). Um filme que compreensivelmente nunca caiu muito no agrado de críticos e cinéfilos brasileiros (Carlos Diegues, que o odiava, faria anos depois a sua…