Please Love Me Forever

Please Love Me Forever ★★★★

Esse é mais um daqueles contos que renderia facilmente um filme, com seus conceitos e personagens curiosos. É uma mistura de fantasia com terror que combina perfeitamente. Lili é uma menina que mora com sua mãe superprotetora, até a luz do sol pode ser forte mais. Quando sua mãe não está preocupada com a filha, está com sua própria beleza - o que a obriga a trocar constantemente algumas partes de seu corpo (é exatamente isso que eu acabei de escrever). Lili quer ser livre e procura ajuda em Lyesse, seu vizinho.

Se formos debater aqui a direção de fotografia, figurino e cenário, este é um dos melhores curtas do festival. Não é nada extravagante, e é o que acaba cativando, enche os olhos com as coisas mais simples. Pode ter um problema sério quando se aproxima do final e parece não saber como encerrar o curta, o que é mais um problema do formato e da duração. O que eu não daria pra ver uma versão de longa metragem e com um orçamento maior...