My Name Is Baghdad

My Name Is Baghdad ★★★½

Embora os diálogos sejam excessivamente didáticos e, às vezes, pouco naturais, há um carinho muito grande com os personagens.

A protagonista é cativante, forte e humana em cada olhar e palavra. Os olhos da atriz Grace Orsato transmitem todo o horror em uma das cenas mais fortes do longa, na qual a direção decide mantê-la em primeiro plano e sem cortes, intensificando um tema que poderia ter soado superficial pelo fato de ser apresentado pontualmente.

A pequena Helena Luz é a fonte de um carisma que atravessa a tela e contagia qualquer um que esteja assistindo, consolidando-se como um dos pontos fortes do filme.