Favorite films

Don’t forget to select your favorite films!

Recent activity

All

Recent reviews

More
  • We Need to Talk About Kevin

    We Need to Talk About Kevin

    ★★★★½

    A forma como Lynne Ramsay fragmenta a estrutura da narrativa em linhas do tempo (passado utópico e distante, passado próximo e presente) guiadas pelo fluxo de pensamento de Eva torna o espectador em refém dos sentimentos internalizados por Tilda Swinton. Somos igual a Eva: prisioneiros na tragédia praticada por Kevin e sufocados por memórias indigestas, sugestivas e violentas.

    Sentindo-se culpada, algo que expressa em mais de uma ocasião, Eva tropeça erraticamente na tentativa de reencontrar-se e tentar retirar o vermelho…

  • The Courier

    The Courier

    ★★★

    Aquela clássica abordagem da Guerra Fria em que os americanos são exibidos como os altruístas salvadores do mundo (oi, Rachel Brosnahan), contra os soviéticos devoradores de criancinhas. Entretanto, não há como negar a dedicação física e emocional de Benedict Cumberbatch e a performance trágica de Merab Ninidze, cujo Penkovsky, infelizmente, é relegado à coadjuvante, pois, óbvio, a narrativa preferirá o protagonista ocidental.

Popular reviews

More
  • The Father

    The Father

    ★★★★½

    O cinema é a arte da empatia. Em Meu Pai, a empatia não está só na ilustração da realidade como esta é percebida por Anthony, mas nas consequências provocadas no relacionamento com sua filha, Anne. Mesmo porque, não sendo a doença um conflito inédito nos cinemas, tampouco a demência (ou Alzheimer), é a forma adotada pelo diretor Florian Zeller que diferencia esta obra de outras semelhantes.

    Através de um labirinto de memórias inconclusivas e trapaceiras, o espectador é convidado a…

  • Nomadland

    Nomadland

    ★★★★★

    Realismo poético não é um termo inédito nos cinemas e descreve muito bem as narrativas híbridas da diretora Chloé Zhao, cujas obras enxergam os personagens dentro dos olhos, colocam a mão sobre seus ombros, confortam suas dores, ainda que, no íntimo, entendam que esta empatia não irá tirá-los do caminho em que começaram. A ideia por detrás desta estética da diretora está em humanizar, amenizar a carga pesada e obrigar a confrontação da emoção encardida no coração, sem retirar do…