Só Aqui ★★★

Vivissecção do Sagrado

Bem digno de nota o jeito como essa colagem opera quase que a partir de uma estrutura dialética, no sentido em que culmina numa síntese do sacro como algo também visivelmente visceral. O caráter de estranhamento, que surge do contraste entre o grotesco (e notadamente mundano) dos animais mutilados e dispostos no açougue, e o austero, da iconografia sagrada e pouco suntuosa, lentamente dá lugar a um novo sentido para estas imagens: a elas é atribuída uma carga de violência antes ocultada pela superfície do puramente frio e religioso, processo de ressignificação que parece explodir nos 3:32 do filme, momento a partir do qual, inclusive, ferramentas básicas da linguagem cinematográfica tomam outra dimensão, como o zoom in, que parece mutilar as imagens sagradas, remetendo-nos ao início do curta, com seus pedacos de carne fatiada, dispostos na vitrine.

Não aparenta se tratar tanto de um embate destrutivo com a iconografia sagrada, quanto parece oferecer uma resignificação desta a partir de ferramentas simples da linguagem cinematográfica.

joao liked these reviews