Luiz has written 8 reviews for films rated ★★½ during 2018.

  • Vox Lux

    Vox Lux

    ★★½

    Ingênuo, para dizer o mínimo. A forma se sobrepõe ao conteúdo, e o sempre semelhante reapresenta-se com outra roupagem. Se as multicoloridas - mas nada politizadas - performances de Celeste aniquilariam o pensamento crítico, como interpretar a rigorosa estilização de Corbet?

  • The Guilty

    The Guilty

    ★★½

    Previsível e moralmente questionável

  • Motolove

    Motolove

    ★★½

    O fardo da vida é o amor.

    Vestida com penas negras, uma excêntrica figura versa sobre o amor. Como um anjo da morte, o narrador acompanha a história de Xéu e Lidiane, protagonistas de “Vende-se Esta Moto”. De mero observador, no entanto, o poeta punk converte-se em personagem. Um fortuito encontro na boemia da Lapa concretiza, assim, a promessa encarnada pela singular aparição. Trovador do caos, o sombrio profeta não falha, pois, em cumprir a destruição premeditada.

    LEIA MAIS

  • 24 Hours to Live

    24 Hours to Live

    ★★½

    A expressão latina semper fi, abreviação de semper fidelis, sintetiza o espírito de união e parceria do Corpo de Fuzileiros Navais dos Estados Unidos (United States Marine Corps). Traduzido literalmente como “sempre fiel”, o lema dos Marines evoca os valores de honra e lealdade vinculados à corporação. Nos momentos finais de “Um Dia para Viver” (24 Hours to Live, 2017), contudo, as palavras ganham outro sentido. Em vez de reforçarem as relações entre uma associação e seus integrantes, abalam suas…

  • Ali's Wedding

    Ali's Wedding

    ★★½

    Semelhantes em muitos aspectos, duas biografias travestidas de comédia romântica nasciam em pólos opostos do globo. Na América do Norte, “Doentes de Amor” (The Big Sick, 2017) contava o romance entre o ator paquistanês Kumail Nanjiani e a estadunidense Emily V. Gordon. Na Oceania, por sua vez, o iraniano Osamah Sami transformava em filme sua paixão pela australiana de família libanesa Dianne. Resultado desse projeto, “O Casamento de Ali” (Ali’s Wedding, 2017) chega à Netflix brasileira esta semana.

    LEIA MAIS

  • Finding Your Feet

    Finding Your Feet

    ★★½

    Uma mulher rica perde tudo e se muda para a casa da irmã, mais simples. O recorrente tema, abordado em filmes como o recente “Blue Jasmine” (2013), certamente não empresta frescor a “Acertando o Passo” (Finding Your Feet, 2017). O aspecto mais interessante da produção, no entanto, reside justamente em como ela trabalha essa ideia. No lugar de personagens de meia-idade, como Jasmine (Cate Blanchett) e Ginger (Sally Hawkins), protagonizam o longa-metragem as veteranas Imelda Staunton (“Harry Potter e a Ordem da Fênix”, “Shakespeare Apaixonado”) e Celia Imrie (“O Exótico Hotel Marigold”, “Nanny McPhee, a Babá Encantada“).

    LEIA MAIS

  • Peter Rabbit
  • Insidious: The Last Key