Gringo

Gringo ★★

“Should Mexico keep us out?” – “Deve o México nos manter fora?” -, estampa a capa de uma revista nas sequências finais de “Gringo – Vivo ou Morto” (Gringo, 2018). A pergunta, propulsora do humor do longa-metragem, inverte a postura segregacionista de Donald Trump, segundo a qual os Estados Unidos deveriam se proteger do país latino com muros. Longe de repetir os chavões do presidente, portanto, o filme abre espaço para uma crítica à sua própria sociedade, a norte-americana. Com isso, os maiores vilões não comandam cartéis clandestinos, e sim luxuosos escritórios em arranha-céus.

LEIA MAIS