Favorite films

  • Mulholland Drive
  • Spring, Summer, Fall, Winter... and Spring
  • Fanny and Alexander
  • Cries and Whispers

Recent activity

All
  • Harry Potter and the Goblet of Fire

    ★★★★½

  • Shiva Baby

    ★★★½

  • Chungking Express

    ★★★★★

  • Poltergeist

    ★★★★

Recent reviews

More
  • Martin

    Martin

    ★★★★½

    A desconstrução de um assassino. Se os vampiros são caracterizados dentro do cinema pela postura imponente e vestimentas rígidas, aqui, Romero inverte essa lógica. É criado um protagonista problemático e muito fracassado. Não à toa que a direção alterna as cenas do tempo presente (coloridas) com cenas, em teoria, do passado, remetendo ao cinema clássico de terror, em p&b. Martin é diferente dos vampiros que já conhecemos. Martin é tímido - e repete isso diversas vezes -, é desajeitado, estranho…

  • Stories Our Cinema Did (Not) Tell

    Stories Our Cinema Did (Not) Tell

    ★★★★★

    Falamos sobre esse documentário incrível no ep. 4 do Adoráveis Cinéfilas. Além disso, entrevistamos a diretora Fernanda Pessoa. Escute aqui. 

Popular reviews

More
  • Pieces of a Woman

    Pieces of a Woman

    ★★★★★

    [Crítica escrita para o Cineplot. Sugiro ler no site para acompanhar as imagens junto ao texto] 

    Pieces of a Woman (2020) é o novo longa do diretor húngaro Kornél Mundruczó, que estreou no último dia 07, na plataforma de streaming Netflix. 
    A história acompanha um casal após a perda da primeira filha durante o parto. As passagens de tempo são marcadas por letterings sobrepostos com as datas de cada acontecimento. Martha e Sean, interpretados por Vanessa Kirby e Shia LaBeouf,…

  • The Father

    The Father

    ★★★★½

    Que aula de montagem! 
    O espectador caminha por essa jornada assim como o personagem principal: com confusão, sem entender os detalhes, perdido no tempo. Assim como Anthony, precisamos desapegar da racionalidade. Por isso a simbologia do relógio é tão importante. Ele passa o filme inteiro perguntando quem pegou seu relógio. Afinal, o acessório é sua única forma de controlar - um pouco - os fragmentos de tempo. No fim, ele se rende ao seu destino. Destino de todos nós. 
    Acredito…