Madalena

Madalena ★★★★

Três histórias que, na verdade, preenchem o vazio da vida que não é contada, que é perdida e esquecida no meio de campos infinitos de soja. É esse assassinato, esse corpo, que liga as três histórias. Filme bem feito, cenas bonitas e sacadas interessantes, revelando muito sobre um tipo de cidade que quase nunca aparece nas telas (os pequenos conglomerados próximos de plantações gigantescas no norte/centro oeste brasileiro, afetados por tudo que esse país é, mas, no entanto, apenas mais um lugar onde a vida se desenvolve). A história das rotas de migrações para a região na década de 1970, a soja totalmente exportada das décadas de 2000 em diante, mulheres vivas e felizes nadando num oásis como um futuro que eu desejo pra essa nação. Senti que perde um pouco o argumento da metade para o fim, mas com certeza é um diretor que irei acompanhar por ai.

Visto na 45ª mostra internacional de São Paulo.