Favorite films

  • 2001: A Space Odyssey
  • Embrace of the Serpent
  • Ran
  • The Sacrifice

Recent activity

All
  • Where Is My Friend's House?

    ★★★★★

  • Nosferatu the Vampyre

    ★★★★★

  • Black Panthers

    ★★★★

  • Along the Coast

    ★★★★★

Recent reviews

More
  • Where Is My Friend's House?

    Where Is My Friend's House?

    ★★★★★

    Adoro o exercício de semiótica que Kiarostami e toda a Segunda Onda do cinema iraniano propõem. De significantes comuns assumirem significados enormes.
    Ė, por si, uma bela herança do Neorrealismo Italiano, influente também em aspectos formais, muito pelo momento do Irã exatamente pós revolução islâmica, onde a estrutura de produção de cinema fora seriamente atacada. Mas também porque sob censura não haveria espaço para didatismo nas críticas que surgem.

    Ahmad só quer entregar um simples caderno ao amigo Muhammad Reza…

  • Nosferatu the Vampyre

    Nosferatu the Vampyre

    ★★★★★

    Werner Herzog se aventura muito bem no cinema de horror com a cultuada estória do Conde Dracula, mas menos alinhado à obra literal de Bram Stoker e mais ao clássico cinematográfico homônimo, de seu conterrâneo Murnau, de 1922.
    Há inclusive referências diretas na repetição de cenas como as que o Conde se posta ao lado da cama de Jonathan ou que suga o pescoço de Lucy.

    Traz um roteiro bem enxuto, como o anterior, com uma trama até um pouco…

Popular reviews

More
  • I Travel Because I Have to, I Come Back Because I Love You

    I Travel Because I Have to, I Come Back Because I Love You

    ★★★★★

    É fantástico como Karim e Marcelo compõem o retalho de cenas soltas, momentos aleatórios, com uma pegada forte de cinema-verité, em abordagens e entrevistas que dissecam algo pungente da realidade de um dos nossos tantos Brasis profundos. Mas que ao mesmo tempo, pela lógica de elipses da montagem e pela estilização experimentalista da fotografia (desarmônica e sem nitidez, causando um deslocamento em relação ao tempo) dá a esse naturalismo um tom de delírio.


    De fato, temos a perspectiva em muitos…

  • Barren Lives

    Barren Lives

    ★★★★★

    Um membro do panteão da sétima arte nacional.
    Marco de um momento em que o cinema se volta novamente ao Brasil profundo, representado pelo pobre, preto, pelo miserável.
    Mas diferente da época da cavação, que se embandeirava para fazer propaganda de belas paisagens e mão de obra barata para o olhar imperialista, Nelson Pereira dos Santos (e o Cinema novo em geral) se propõe a expor a sujeira e acolher as dores de um desses Brasis esquecidos, aqui representado pelo…