Francisco Dumar

Francisco Dumar

Patron

Crítico. Autor de Cinema Cético.

Favorite films

  • Citizen Kane
  • 2001: A Space Odyssey
  • Ran
  • Toy Story

Recent activity

All
  • Scream

    ★★★½

  • Zeros and Ones

    ★★★

  • Summer of Soul (...or, When the Revolution Could Not Be Televised)

    ★★★½

  • Quo vadis, Aida?

    ★★½

Recent reviews

More
  • Zeros and Ones

    Zeros and Ones

    ★★★

    Vestígios do ethos de uma sociedade greco-romana. São imagens residuais, fantasmagóricas, que capturam o que resta das identidades, costumes e organizações daqueles que “fundaram” o ocidente.

    Mas se os gregos ou os romanos pudessem ligar uma câmera, eles distinguiriam a imagem da realidade.

    No entanto, Ferrara, um cineasta decididamente contemporâneo, não faz essa distinção. No século 21, a imagem faz parte da realidade, ou melhor, se confunde com ela.

    A ontologia da imagem fotográfica aparece em xeque, pois surge falsa,…

  • Spider-Man: No Way Home

    Spider-Man: No Way Home

    ★★★

    Consciência de si mesmo.

    Não é apenas fanservice, mas é reconhecer que o passado do Homem-Aranha no Cinema já forma um legado, e este filme, pela mágica dos acordos dos direitos autorais, é o primeiro que pode pensar sobre isso.

    Claro, este ainda é um produto da Marvel: as cenas de ação são as mais genéricas possíveis (ponte de aeroporto, linhas de transmissão de energia, prédio de condomínio, obra da Estátua da Liberdade), a música é irrelevante (não sobra dinheiro…

Popular reviews

More
  • Dune

    Dune

    ★★★½

    Geopolítica das commodities.

    No filme, a commodity, o ouro perseguido pelos entes de poder, está no deserto dourado regulado por um Império. Graças ao seu poderio militar, tal Império surge como uma superpotência, como uma "Nova Ordem Mundial", influenciando os territórios e quem deve ou pode explorar os recursos naturais.

    Os vilões da casa Harkonnen sintetizam a ideia do explorador brutal e antiético, que exaure os recursos e violenta a cultura local. E os mocinhos da casa Casa Atreides aparecem…

  • Zack Snyder's Justice League

    Zack Snyder's Justice League

    ★★★★

    Se você parar pra pensar, o clímax do filme nada mais é do que uma imagem em CGI, do que uma ilustração digital que vai se remodelando, que vai se auto ilustrando. Snyder, como o autor que é, acredita nos efeitos visuais a ponto de basear nisso o ápice dramático.

    Desse ponto de vista, representa uma oposição ao cinema de super-herói do Christopher Nolan, o qual tem vergonha do CGI e apresenta uma visão realística dos quadrinhos — Synder não.…