Belle de Jour

Belle de Jour ★★★★★

O fato desse motif sonoro acompanhar os devaneios ( no final isso irá se complicar pela mistura), e mesmo que em um primeiro momento eles representem essa fuga de um estado burocrático das coisas, sempre surgem nessas elipses e começam de um jeito bem corriqueiro quase banal como se aparecessem nesses piscar de olhos no meio de um conversa, e ela assim vai compondo a partir deles a sua realidade, extrai de um mundo das idéias e o aproximam do próprio momento que ela vive.
O que é mais importante é esse clima agradável e ao mesmo tempo instável das tardes que vão se somando, são todas dinâmicas de encenação que vão ficando mais estranhas a medida que se tornam indiscerníveis da realidade é um teatro que encontra na sociedade o seu palco e no bordel ( espaço masculino) um momento de transgressão para a personagem.