• The Suicide Squad
  • The Suicide Squad

    The Suicide Squad

    ★★★★

    Da água para o vinho é a sensação de assistir "O Esquadrão Suicida" do James Gunn.

  • Black Widow

    Black Widow

    ★★

    Assisti "Viúva Negra" e achei fraco, o fato do filme estar saindo depois de já sabemos o fim da Nat prejudica muito fazendo com que eu não sinta um risco por ninguém, as cenas de lutas são boas e a Yelana é uma ótima introdução, quero ver mais da Florence Pugh no MCU.

  • Yes-People

    Yes-People

    ★½

    Quem foi que deixou esse curta ser indicado?

  • One Night in Miami...

    One Night in Miami...

    ★★★★

    Terminei One Night in Miami, Regina King estreou com o pé direito na direção de filmes, Kingsley Ben-Adir como Malcolm X e Leslie Odom Jr. como Sam Cooke mandaram muito bem.

  • Wonder Woman 1984

    Wonder Woman 1984

    ★★

    Reasistir Mulher-Maravilha 1984 e eu estava enganando à mim mesmo, esse filme é muito fraco.

  • Nomadland

    Nomadland

    ★★★★½

    Baseado no livro Nomadland: Surviving America in the Twenty-First Century de Jessica Bruder, a obra explora um fenômeno curioso de trabalhadores americanos de mais idade que foram afatados pela Crise econômica de 2008 e que viajam pelo país, em seus veículos em busca de emprego para sobreviverem. Essas pessoas rejeitam o ideal de família, raízes fixas e casa própria, inclusive a personagem de Frances McDormand diz uma hora “Eu não sou sem-teto, apenas não tenho uma casa.”


    A diretora e…

  • Wolfwalkers

    Wolfwalkers

    ★★★★½

    A nova animação do estúdio Cartoon Saloom com distribuição da Apple, é uma das melhores animações, Wolfwalkers traz uma trama sobre a intolerância ao diferente, o preconceito disfarçado de religiosidade, respeito à natureza junto com a gloriosa animação 2D que traz uma elegância ao texto, vai ser a animação que vai “disputar” com Soul da Pixar.

  • Songbird

    Songbird

    Michael Bay produzindo o suspense Songbird que ainda não chegou no Brasil. Ele é o filme feito na hora errada para pegar no assunto só pra dizer que foi o primeiro filme feito durante a pandemia em Los Angeles. A pandemia é muito mal explorada, acaba ficando em segundo plano, dando origem a uma história de amor muito boba, o casal principal não tem química e as outras tramas que tentam se entrelaçam com a narrativa principal não são boas.

  • A Fall from Grace

    A Fall from Grace

    A nova produção do novo bilionário do pedaço Tyler Perry não tinha como dar certo, filmado em exatamente uma semana, sem nem ao menos dá mais tempo para melhorar o roteiro que tem.
    A montagem é tão amadora que parece um tele filme do canal Lifetime, aliás a duração é dos motivos do filme não empolgar se desse uma enxugada nas duas doras do filme não ficaria tão cansativo, mas pelo menos o filme é digo de muitas risadas.
    Não recomendo O Limite da Traição, mas se quiser rir com seus amigos numa WatchParty virtual fica a recomendação, ou veja The Room.

  • Ava

    Ava

    Imagina você juntar Jessica Chastain, John Malkovich, Common, Geena Davis e Colin Farrell num filme que deixar muito a desejar? Ava tenta ser um Bourne feminino mas as cenas de combate corpo a corpo não conseguem transmitir a mesma visceralidade das cenas de ação de Paul Greengrass.

  • Roald Dahl's The Witches

    Roald Dahl's The Witches

    ★½

    O remake do clássico da Sessão da Tarde espacou de ser um dos piores filmes de 2020 por causa de alguns quesitos técnicos como a direção de arte e os figurinos do filme, mas os efeitos especiais que são mais aterorizantes que as Bruxas que desde do clássico dos anos 90 não gera medo nenhum. Com tudo, Convenção das Bruxas de 2020 tem a pior atuação do ano que é a personagem de Anne Hathaway que está o filme inteiro no overacting com aquele sotaque que muda toda hora, passando da linha do ridículo.